20/06/2024

Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

Foto: Marcello Csal Jr/ Agência Brasil


Por Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A alta recente do dólar e o aumento das incertezas econômicas fizeram o Banco Central (BC) interromper o corte de juros iniciado há quase um ano. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) manteve a taxa Selic, juros básicos da economia, em 10,5% ao ano. A decisão era esperada pelos analistas financeiros .

A manutenção ocorre após o Copom reduzir a Selic por sete vezes seguidas. Na última reunião, em maio, a velocidade dos cortes diminuiu. De agosto do ano passado até março deste ano, o Copom tinha reduzido os juros básicos em 0,5 ponto percentual a cada reunião. Em maio, a taxa tinha sido cortada em 0,25 ponto percentual.

Diferentemente da última reunião, que teve um placar dividido, a decisão ocorreu por unanimidade. Em comunicado, o Copom justificou que decidiu interromper o ciclo de queda dos juros por causa do cenário global incerto e porque a alta da inflação doméstica e as expectativas “desancoradas” exigem maior cautela.

“Em relação ao cenário doméstico, o conjunto dos indicadores de atividade econômica e do mercado de trabalho segue apresentando dinamismo maior do que o esperado. A inflação cheia ao consumidor tem apresentado trajetória de desinflação, enquanto medidas de inflação subjacente se situaram acima da meta para a inflação nas divulgações mais recentes”, destacou o texto.

Segundo o Copom, a conjuntura atual está marcada por uma desinflação mais lenta que o esperado, um cenário global desafiador e a desancoragem das expectativas de inflação pelo mercado financeiro. A situação atual, destacou o comunicado, “demanda serenidade e moderação na condução da política monetária”.

A taxa está no menor nível desde fevereiro de 2022, quando estava em 9,75% ao ano. De março de 2021 a agosto de 2022, o Copom elevou a Selic por 12 vezes consecutivas, num ciclo de aperto monetário que começou em meio à alta dos preços de alimentos, de energia e de combustíveis. Por um ano, de agosto de 2022 a agosto de 2023, a taxa foi mantida em 13,75% ao ano por sete vezes seguidas, quando começou a ser reduzida.

Antes do início do ciclo de alta, a Selic estava em 2% ao ano, no nível mais baixo da série histórica iniciada em 1986. Por causa da contração econômica gerada pela pandemia de covid-19, o Banco Central tinha derrubado a taxa para estimular a produção e o consumo. A taxa ficou no menor patamar da história de agosto de 2020 a março de 2021.

Inflação

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em maio, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial, subiu para 0,46%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os alimentos puxaram o indicador após as enchentes no Rio Grande do Sul.

Com o resultado, o indicador acumula alta de 3,93% em 12 meses, cada vez mais distante do centro da meta deste ano. Para 2024, o Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou meta de inflação de 3%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual. O IPCA, portanto, não podia superar 4,5% nem ficar abaixo de 1,5% neste ano.

No último Relatório de Inflação, divulgado no fim de março pelo Banco Central, a autoridade monetária manteve a previsão de que o IPCA termine 2024 em 3,5%. A estimativa, no entanto, foi divulgada antes da alta do dólar e das enchentes no Rio Grande do Sul. O próximo relatório será divulgado no fim de junho.

As previsões do mercado estão mais pessimistas. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo BC, a inflação oficial deverá fechar o ano em 3,96%, abaixo portanto do teto da meta. Há um mês, as estimativas do mercado estavam em 3,8%.

Crédito mais barato

A redução da taxa Selic ajuda a estimular a economia. Isso porque juros mais baixos barateiam o crédito e incentivam a produção e o consumo. Por outro lado, taxas mais baixas dificultam o controle da inflação. No último Relatório de Inflação, o Banco Central aumentou para 1,9% a projeção de crescimento para a economia em 2024.

O mercado projeta crescimento um pouco melhor. Segundo a última edição do boletim Focus, os analistas econômicos preveem expansão de 2,08% do PIB em 2024.

A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Ao reduzir os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de subir.




Edição: Aline Leal

Cirurgião dentista Raimundo Nonato Lima Protásio declara apoio à pré-candidatura de Luiza Calvet em Santa Rita

Foto: Reprodução


O renomado cirurgião dentista Raimundo Nonato Lima Protásio, uma figura respeitada e influente na comunidade de Santa Rita, também anunciou seu apoio à pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura. Este apoio vem fortalecer ainda mais o grupo da oposição, que já conta com o apoio de inúmeras personalidades importantes do município.

Filho de agricultores, Agenor Protásio e Maria Protásio, Raimundo tem profundas raízes na comunidade rural de Santa Rita, mas precisamente no povoado Cascavel onde reside há vinte anos. Com formação pela Unifavest de Santa Catarina, através do programa Prouni, o cirurgião dentista é visto como um profissional dedicado e com boa aceitação no município. Sua clínica Odonto Protásio, um centro de referência em saúde bucal na região, é reconhecida pela excelência nos serviços odontológicos e pelo atendimento humanizado que oferece aos seus pacientes. Sua trajetória é marcada pelo compromisso com a saúde e o bem-estar, indo além do cuidado dental, pois está sempre contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da comunidade local.

"Luiza Calvet é uma líder visionária com propostas concretas para o desenvolvimento de Santa Rita. Seu compromisso com as políticas públicas e o bem-estar da nossa comunidade é evidente. É com grande satisfação que ofereço meu apoio a sua pré-candidatura," afirmou Raimundo Nonato, acreditando que Luiza Calvet tem a visão necessária para promover mudanças significativas em Santa Rita. Essa união só demonstra a credibilidade e a força da pré-campanha de Luiza Calvet, que tem atraído muitas outras figuras importantes e comprometidas com o futuro da cidade.

Michelle Marvão Mendes apoia ativamente a pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura de Santa Rita

Foto: Reprodução


Michelle Marvão Mendes, uma figura proeminente no empreendedorismo e gestão pública de Santa Rita, tem se destacado recentemente por seu apoio ativo à pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura. Com uma trajetória profissional exemplar e um compromisso profundo com o avanço das políticas públicas, especialmente em prol das mulheres empreendedoras, Michelle tem sido uma voz influente na pré-campanha de Luiza Calvet.

Nascida em Santa Rita, em 21 de janeiro de 1981, Michelle sempre demonstrou um forte espírito de trabalho. Iniciou sua carreira aos 19 anos no LojãoCentral de sua cidade natal, onde adquiriu uma valiosa experiência. Ao longo dos anos, ela se consolidou como uma líder dedicada, atuando por oito anos na coordenação da Sala do Empreendedor de Santa Rita, promovendo o empreendedorismo local.

Recentemente, Michelle seguiu o caminho do empreendedorismo, aplicando suas habilidades para criar e gerir novos negócios, contribuindo significativamente para o desenvolvimento econômico da região. Sua atuação na gestão pública também é notável, tendo sido reconhecida pelo compromisso com as políticas públicas voltadas para as mulheres empreendedoras.

O apoio de Michelle à pré-candidatura de Luiza Calvet está em linha com seus valores e sua visão de progresso para Santa Rita. As duas já vinham colaborando em diversos projetos, incluindo as edições 1, 2 e 3 da Feira da Mulher Empreendedora. Essas iniciativas têm reforçado o compromisso de ambas com o empreendedorismo feminino, proporcionando apoio e capacitação a outras empreendedoras.

"Michelle sempre foi uma defensora incansável das mulheres no mundo dos negócios. Seu apoio é fundamental para a nossa pré-campanha e para a implementação de políticas públicas que realmente façam a diferença na vida das pessoas," declarou Luiza Calvet.

A história de vida de Michelle Marvão Mendes é uma fonte de inspiração. Sua liderança e resiliência motivam muitas mulheres a perseguirem seus sonhos e objetivos. Ao apoiar a pré-candidatura de Luiza Calvet, Michelle reafirma seu compromisso com o desenvolvimento econômico e social de Santa Rita, acreditando que a autonomia e o sucesso das mulheres empreendedoras são cruciais para o progresso da comunidade.

À medida que a pré-campanha de Luiza Calvet ganha força, o apoio de Michelle Marvão Mendes destaca-se como um elemento vital para a construção de uma Santa Rita mais inclusiva e próspera, alinhada com os valores e propostas que ambas as líderes acreditam serem essenciais para o futuro da cidade.

19/06/2024

Prazo para pagar taxa de inscrição do Enem termina nesta quarta-feira

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil


Por Daniella Almeida - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O prazo de pagamento da taxa de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 termina nesta quarta-feira (19). O valor de R$ 85 pode ser pago de diversas formas, a partir da Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), gerada na própria Página do Participante do exame, por meio do login único no portal de serviços digitais do Governo Federal, o Gov.br. O participante que esquecer a senha cadastrada terá a opção de recuperá-la no mesmo site.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador da prova, informa que o candidato pode pagar a taxa inscrição por Pix, com o QR Code que consta no boleto; por cartão de crédito, ou pagando o tradicional boleto com débito em conta corrente ou poupança. A inscrição somente será confirmada após o pagamento da taxa.

As inscrições terminaram na última sexta-feira (14), com exceção para os moradores do Rio Grande do Sul. O estado teve a situação de calamidade pública reconhecida pelo governo federal devido às chuvas volumosas que provocaram 176 mortes e estragos no estado.

Inscritos

Considerando os inscritos até 14 de junho, o Inep registrou mais de 5,05 milhões de solicitações de inscrições para edição de 2024 do exame.

Deste total, 2.323.942 candidatos devem pagar a taxa até esta quarta-feira (19). O restante dos inscritos, cerca de 2,73 milhões, são candidatos que farão a prova de graça porque a solicitação de isenção da taxa de R$ 85 foi aceita pelo Inep. Os isentos se enquadram nas condições exigidas, descritas no edital deste ano, como ser estudante do 3º ano do ensino médio de escola pública; ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada.

Enem

Em 2024, as provas objetivas e a redação serão aplicadas em todos os estados e no Distrito Federal nos dois primeiros domingos de novembro, dias 3 e 10.

No primeiro dia do exame, serão aplicadas as provas de linguagens, ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. E o participante responderá a questões da prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol) escolhida na inscrição. A aplicação terá 5 horas e 30 minutos de duração.

No segundo e último dia do Enem, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática. A aplicação terá 5 horas de duração.

Criado em 1998, o Enem avalia o nível de conhecimento dos estudantes no fim do terceiro ano do ensino médio, que corresponde ao fim da educação básica no Brasil.

O Enem é considerado a principal forma de conseguir uma vaga em uma instituição de ensino superior, como universidades (públicas e privadas), faculdades e institutos federais, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), de bolsa de estudo pelo Programa Universidade para Todos (Prouni); ou de financiamento da graduação pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies)

Para mais informações, o edital do Enem 2024 pode ser acessado aqui.

Edição: Valéria Aguiar

15/06/2024

Presidente da Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV) no MA garante apoio à pré-candidatura de Luiza Calvet em Santa Rita.

 

Foto: Reprodução

A vereadora e pré-candidata ao Executivo Municipal no município de Santa Rita, Luiza Calvet, deu mais um importante passo para fortalecer a sua base em 2024. Nesta quinta-feira (13), Luiza Calvet e a companheira Tereza Cristina estiveram reunidas com o deputado federal e presidente estadual da Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV), Márcio Jerry. O acerto já era esperado, já que PT, PV e PCdoB estão federados e devem caminhar em unidade em todos os municípios. "Estamos convencidos de que Luiza Calvet, com sua experiência, empatia e liderança, é a escolha certa para conduzir a cidade de Santa Rita a partir de 2025, rumo a um futuro mais próspero e inclusivo. Sua capacidade de dialogar e unir diferentes setores da sociedade será crucial para enfrentar os desafios que a população tem pela frente, confiantes de que ela está apta a assumir a posição de prefeita", disse Márcio Jerry ao final do encontro.

"Foi uma conversa bastante produtiva. Márcio Jerry se demonstrou bastante motivado em torno do nosso projeto e da união entre todos os partidos que integram a federação Brasil da Esperança. É uma liderança política do nosso estado e que vai somar forças pela reconstrução de Santa Rita", pontuou Luiza Calvet.

A discussão, no entanto, reforça a ampla frente que tem sido construída em torno da candidatura de Luiza Calvet ao Executivo Municipal em 2024. Desde a semana passada, o apoio à Luiza Calvet, vinha sendo costurado a partir do encontro realizado na sede do PT, em São Luís, e que contou com as presenças dos ex-secretários Paullo Márcio (PT), Tereza Cristina (PCdoB), do líder e presidente municipal do PT, Prof. Paixão, e do presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Fredison Carvalho. Além disso, outros partidos devem anunciar a aglutinação em torno da candidatura de Luiza Calvet nos próximos dias.


Foto: Reprodução


Raimundo Félix do Povoado São Manoel declara apoio às pré-candidaturas de Luiza Calvet e de Marcio Resende em Santa Rita.

Foto: Reprodução

Com grande entusiasmo e convicção, Luiza Calvet recebeu recentemente mais um grande apoio à sua pré-candidatura à prefeitura de Santa Rita. Trata-se da grande liderança do Povoado São Manoel, Raimundo Ribeiro Guimarães, conhecido popularmente como Raimundo Félix.  "Luiza, uma jovem política de talento e determinação, tem demonstrado, ao longo de sua carreira, um compromisso inabalável com os valores de justiça social, igualdade e desenvolvimento sustentável. Acredito que ela trabalhará incansavelmente para garantir políticas públicas que beneficiem diretamente nossa população", afirmou Raimundo Félix. 

Falar sobre Raimundo Félix me enche de otimismo e admiração, por ser um cidadão de bem, evangélico, trabalhador e que procura sempre pode ser referência em sua comunidade, agradeceu Luiza Calvet.

Raimundo Félix não esconde também seu posicionamento quanto ao apoio que dará à Marcio Rezende, ex-candidato a prefeito e atual pré-candidato a vereador de Santa Rita. "Assim como Luiza Calvet que vem demonstrando firmeza e dedicação em sua atuação à frente do legislativo municipal, principalmente na defesa dos direitos de todos os cidadãos, tenho a certeza de que o pré-candidato Marcio Rezende terá toda capacidade de retornar e exercer seu papel de parlamentar para nos representar na Câmara Municipal. Ele e Luiza Calvet possuem a visão abrangente das necessidades de nossa cidade, pois conhecem bem a realidade de Santa Rita", enfatizou Raimundo Félix.

12/06/2024

Pré-candidato Vereador Arlindo Borges anuncia apoio à pré-candidata Luiza Calvet na corrida pela Prefeitura de Santa Rita

Foto: Reprodução


O cenário político de Santa Rita ganhou um novo capítulo com o anúncio do apoio do pré-candidato a vereador Arlindo Borges à pré-candidata a prefeita Luiza Calvet. Arlindo Borges, morador da região de Beira de Rio há mais de 30 anos, no povoado Veneza, e defensor das comunidades locais, decidiu aliar-se a Luiza Calvet na disputa eleitoral de 2024.

Com dois mandatos como vereador e um histórico de serviços prestados à população de Santa Rita, Arlindo Borges, atualmente filiado ao partido União Brasil, explicou os motivos de sua decisão. Apesar de ter sido aliado do atual prefeito Hilton Gonçalo, Borges afirmou que, desta vez, não seguirá ao lado do prefeito no próximo pleito. Segundo o vereador, sua amizade e respeito por Hilton Gonçalo permanecem, mas ele não pode apoiar o sobrinho do prefeito como sucessor, devido ao que considera falta de preparo do pré-candidato.

“Não concordo que, só pelo fato de ser sobrinho do prefeito, ele seja a pessoa ideal para ser o próximo prefeito”, disse Borges. “Nas poucas vezes que dialoguei com ele, percebi despreparo. Ele chegou a Santa Rita há poucos dias e não conhece a realidade do município. Afirma que a saúde do município é tratada com muita atenção e carinho, mas se comunica como se estivesse brincando de médico e que a prefeitura fosse a casinha das bonecas”.

Borges ressaltou que este conjunto de fatores pesou em sua decisão pessoal de apoiar Luiza Calvet. Ele destacou que Luiza conhece profundamente as causas e deficiências do município, fatores que afetam diretamente toda a população. Além disso, Borges sublinhou o desejo, carisma e força de Luiza para resolver os problemas de Santa Rita.

“Ela é de Santa Rita, criada em Santa Rita, conhece a todos e a cada canto dessa cidade”, afirmou Borges. “Essas qualidades fazem dela a pessoa ideal para assumir a prefeitura e trazer as mudanças que nossa cidade tanto necessita”.

O apoio de Arlindo Borges a Luiza Calvet adiciona um componente significativo à corrida eleitoral, refletindo uma busca por liderança local e conhecimento profundo das necessidades da comunidade. Com essa aliança, os eleitores de Santa Rita podem esperar uma campanha focada em experiências reais e compromisso com o bem-estar da cidade.

Transpetro lança primeiro edital de patrocínio para projetos culturais

Foto: Transpetro

Por Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Transpetro, subsidiária da Petrobras, vai investir até R$ 17 milhões em projetos em todo o país, para promoção da educação, geração de renda e fortalecimento da cultura brasileira. Do total, R$ 10 milhões serão destinados a projetos culturais e R$ 7 milhões a projetos esportivos, informou a gerente de Comunicação Empresarial e Imprensa da companhia, Lílian Rossetto.

A primeira seleção pública da história da Transpetro para patrocínio de projetos culturais e esportivos - o edital Transpetro em Movimento - foi lançada nesta quarta-feira quarta-feira (12), quando a empresa comemora 26 anos. O evento foi no Teatro Rival, no Rio de Janeiro. 

No eixo cultural, as iniciativas devem ter valor mínimo de R$ 400 mil e máximo de R$ 3 milhões. A ideia é valorizar a música, as artes cênicas, as artes visuais com foco em geração de renda e festivais multilinguagem. No eixo esportivo, a empresa pretende atuar no esporte amador, compreendendo projetos inclusivos, com ações de valor mínimo de R$ 400 mil.

O presidente da Transpetro, Sérgio Bacci, lembrou que uma das metas que persegue desde que assumiu o cargo é retomar o protagonismo da estatal no desenvolvimento econômico e social do país. Destacou que “o primeiro edital de patrocínio cultural e esportivo da história da empresa materializa esse compromisso e assegura que os resultados financeiros da companhia estejam associados ao investimento na sociedade e à geração de impactos positivos na vida das pessoas”.

Temáticas

O edital contempla projetos que tenham duração de até 12 meses e temáticas enquadradas nas linhas de atuação Educação e Patrimônio Imaterial e Preservação, que consideram quatro pilares: brasilidade, diversidade, inclusão e abrangência. Podem se inscrever projetos apoiados pela Lei Rouanet, na área da cultura, ou pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte, no caso de projetos esportivos. As inscrições estarão abertas de 12 de junho a 12 de julho no site www.transpetro.com.br. Os projetos selecionados serão divulgados a partir do dia 8 de outubro. Lilian Rossetto explicou que eles receberão uma parcela do patrocínio ainda neste ano.

Terão pontuação adicional os projetos com execução prevista em regiões de atuação da Transpetro. “Esse foi um cuidado que tivemos. Projetos que forem executados em nossa área de abrangência terão pontuação adicional e aqueles para os públicos prioritários também”, ressaltou a gerente.

Entre esses públicos prioritários, citou comunidades tradicionais, povos indígenas, pescadores, quilombolas, pessoas com deficiência, LGBTQIA+, mulheres, crianças e negros. “A Transpetro tem muitas ações voltadas para a diversidade. É um direcionamento forte da nossa gestão”. Além disso, temas que trabalhem com sustentabilidade, direitos humanos e inovação também terão pontuação adicional.

ODS/ONU

Os projetos devem contribuir também para o alcance das metas estabelecidas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ODS/ONU), que integram a Agenda 2030 e são voltadas para saúde e bem-estar, educação de qualidade, igualdade de gênero, trabalho decente e crescimento econômico, redução das desigualdades, ação contra a mudança global do clima), paz, justiça e instituições eficazes.

Os projetos inscritos serão submetidos a etapas de triagem administrativa, triagem técnica e avaliação por uma comissão de seleção. O regulamento da seleção pública pode ser consultado no site da Transpetro.

A companhia opera 48 terminais, sendo 27 aquaviários e 21 terrestres, cerca de 8,5 mil quilômetros de dutos e 35 navios. A Transpetro é a maior subsidiária da Petrobras e a maior companhia de logística multimodal de petróleo e derivados da América Latina. Tem carteira com mais de 160 clientes e presta serviços a distribuidoras, à indústria petroquímica e demais empresas do setor de óleo e gás.

Edição: Graça Adjuto

Pré-candidato a vereador faz comparação insensível sobre violência doméstica durante reinauguração de creche em Santa Rita

 


No último dia 11 de junho, um fato lamentável marcou a reinauguração de uma creche no povoado Recurso, no município de Santa Rita. Durante o evento, o pré-candidato a vereador, conhecido pelo apelido Joãozito, fez uma infeliz comparação ao se equiparar a uma mulher que sofre agressões do companheiro e, mesmo assim, opta por não denunciar o crime, preferindo permanecer na relação abusiva. Pra piorar, o discurso aconteceu em meio a inúmeras pessoas, inclusive ao lado do prefeito do município que não expressou nenhuma reação, mas sim pelo contrário, foi ovacionado pelos seus apoiadores. Vergonhoso!

Clique aqui para ouvir o desastroso áudio durante fala do pré-candidato a vereador sem noção.

Essa declaração não só evidencia uma total falta de sensibilidade e compreensão sobre a gravidade da violência doméstica, como também revela a cegueira política e o preocupante nível de pensamento de algumas pessoas que idolatram cegamente o chefe do poder municipal.

A cegueira política, um fenômeno alarmante, leva os indivíduos a apoiarem incondicionalmente certos líderes, mesmo diante de comportamentos e declarações inadmissíveis. Esse comportamento reflete um nível de pensamento acrítico e uma falta de discernimento preocupante, onde o apoio é concedido não com base em méritos ou ações positivas, mas sim em uma fidelidade cega e desinformada. No caso de Joãozito, a sua tentativa de justificar sua postura política através de uma analogia tão insensível e inadequada não apenas banaliza a gravidade da violência contra a mulher, mas também reforça uma cultura de impunidade e normalização da violência.

A violência doméstica é um crime grave e amplamente presente em nossa sociedade. Milhares de mulheres sofrem em silêncio, muitas vezes devido ao medo de represálias, dependência emocional ou financeira, ou pela falta de apoio e recursos para escapar de situações abusivas. Naturalizar ou minimizar esse tipo de violência, como fez o pré-candidato, é um desserviço à luta contra a violência de gênero e à promoção dos direitos humanos.

É imperativo que como sociedade combatamos essa violência com firmeza e clareza, repudiando qualquer tentativa de banalização ou justificativa. A violência contra a mulher deve ser enfrentada com políticas públicas eficazes, educação e conscientização, além do fortalecimento de redes de apoio e proteção às vítimas.

Além disso, é crucial promover uma reflexão sobre a qualidade de nossos representantes políticos e a responsabilidade de seus discursos. A idolatria cega e o apoio incondicional a figuras de poder, sem uma análise crítica de suas ações e palavras, podem levar ao perpetuamento de comportamentos nocivos e prejudiciais. É necessário um compromisso coletivo com a ética, a justiça e a empatia, para que possamos construir uma sociedade mais segura, justa e igualitária para todos.

Essa não é a primeira vez que Joãozito se envolve em polêmicas. Não faz tanto tempo assim, um outro áudio dele se espalhou nas redes sociais ganhando grande repercussão. Ouça aqui mais uma vez o áudio da polêmica passada, de autoria do mesmo pré-candidato a vereador sem noção, apoiador do grupo Gonçalo.

Lula volta a defender exploração de petróleo na Margem Equatorial

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil - Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a defender, nesta quarta-feira (12), a exploração de petróleo na Margem Equatorial brasileira. “Nós [o Brasil], a hora que começamos a explorar a chamada Margem Equatorial, eu acho que gente vai dar um salto de qualidade extraordinária. Queremos fazer tudo legal, respeitando o meio ambiente, respeitando tudo. Mas nós não vamos jogar fora nenhuma oportunidade de fazer esse país crescer”, disse.

Lula participou, nesta quarta-feira (12), da abertura do Fórum de Investimentos Prioridade 2024, no Rio de Janeiro. Com o tema investir em dignidade, o evento foi organizado pelo Instituto da Iniciativa de Investimentos Futuros (FII Institute), da Arábia Saudita.

Considerado um possível “novo pré-sal”, a Margem Equatorial abrange uma área que vai da costa marítima do Rio Grande do Norte à do Amapá, se estendendo da foz do Rio Oiapoque ao litoral norte do Rio Grande do Norte. Ela abrange as bacias hidrográficas da Foz do Amazonas, Pará-Maranhão, Barreirinhas, Ceará e Potiguar.

A exploração da região sofre forte oposição de grupos ambientalistas, midiáticos e internacionais que questionam a expansão da exploração de hidrocarbonetos, apontados como os principais responsáveis pelo aquecimento da Terra. Além disso, ambientalistas veem risco de impactos à biodiversidade, especialmente na foz do Rio Amazonas, considerada a localidade mais sensível.

“Nós temos um debate técnico que tem que ser feito. O problema é que no Brasil tudo é polemizado. Você tem petróleo em um lugar, a Guiana está explorando, Suriname está explorando, Trinidad e Tobago explora, você vai deixar o seu sem explorar? Então, o que nós precisamos é garantir que a questão ambiental será levada 100% a sério. Então, isso nós vamos garantir e, por isso, vamos conversar muito sobre isso”, afirmou Lula.

Entre os participantes do fórum desta quarta-feira estão autoridades públicas, investidores e líderes empresariais, ente eles, a nova presidente da Petrobras, Magda Chambriard. A empresa possui poços de petróleo na Margem Equatorial e pretende investir mais. No seu Plano Estratégico 2024-2028, a Petrobras previu o investimento de US$ 3,1 bilhões para pesquisas na região. A expectativa é perfurar 16 poços ao longo desses quatro anos.

Em maio do ano passado, houve grande repercussão sobre essa exploração quando o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) negou o pedido da Petrobras para realizar atividade de perfuração marítima do bloco FZA-M-59. Ele está situado na bacia da Foz do Amazonas. A Petrobras apresentou um novo pedido, ainda sem resposta. O avanço dos trabalhos em outros locais, por sua vez, conta com o aval do Ibama, que concedeu a licença de operação para as perfurações de poços na Bacia Potiguar.

Investimentos

No mesmo discurso na abertura do fórum, entretanto, Lula destacou as potencialidades do Brasil na bioeconomia e nas energias renováveis. O presidente falou da importância de se priorizar a dignidade humana na busca da prosperidade econômica, alinhando ainda ao desenvolvimento sustentável, com investimentos nas transições ecológica e digital, inclusão social e em tecnologia e inovação.

“De nada adianta construir ilhas de prosperidade cercadas de miséria. Muito dinheiro na mão de poucos significa fome, doença, analfabetismo e criminalidade. Mas se muitos têm pelo menos um pouco, a sociedade muda para melhor. Em um cenário internacional de tantas incertezas, o Brasil se firma como porto seguro. Somos um país amante da paz e avesso a rivalidades geopolíticas. Dialogamos e negociamos com todos os que possam e queiram contribuir para o progresso do país e do mundo”, afirmou aos investidores.

Ele citou a tragédia climática e as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul nos meses de abril e maio e disse que a reconstrução do estado demandará “investimentos maciços do governo e do setor privado”. “Não há negacionismo capaz de refutar a tragédia que se abateu sobre nossos irmãos gaúchos. O investimento público é decisivo para induzir o desenvolvimento. Mas o capital privado pode ser um aliado dinâmico, se Estado e empresariado convergirem em torno de uma mesma visão de futuro”, ressaltou.

Lula agradeceu à Arábia Saudita, país que organizou o fórum de investimentos, e falou sobre o estreitamento da relação dos sauditas com o Brasil. Durante seu discurso, o presidente também deu garantias de estabilidade política, jurídica e econômica no Brasil, listou dados sobre o crescimento da atividade produtiva e afirmou que está “colocando as contas públicas em ordem para assegurar equilíbrio fiscal”.

“A escolha do Rio de Janeiro para receber este evento sinaliza a confiança que os mais de mil participantes depositam em nosso país”, disse.

“Vejo no relacionamento com a Arábia Saudita grande potencial de ganhos recíprocos e quero que seja exemplo modelar para as relações sul-sul [de países do hemisfério sul] que almejamos promover. Há claros pontos de convergência entre nossos projetos de desenvolvimento. O objetivo da Visão 2030 de diversificar a economia e fazer crescer com inovação, é também o que nos move”, afirmou, falando ainda das expectativas para a criação de um fundo bilateral para investimentos.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: Agência Brasil

LGBTI+fobia, gordofobia e Inclusão serão tema de curso na ESMAM



A compreensão crítica das violências numa dimensão interseccional por parte do Judiciário e a proposição de ações inclusivas serão temas do curso O Combate Interseccional das Opressões no Direito - LGBTI+fobia, Gordofobia e Inclusão, promovido pela Escola Superior da Magistratura do Maranhão. A capacitação, destinada aos profissionais do Tribunal de Justiça, acontece de 28 de junho a 23 de julho, com aulas síncronas (ao vivo) e assíncronas na plataforma EAD ESMAM.

O curso traz importantes contribuições sobre o conceito de interseccionalidade com aplicações no Direito. A temática inclui ainda o combate às violências coloniais, compreensão da pluralidade sexual e de gênero existente da sigla LGBTI+, preconceitos e discriminações vividos por pessoas gordas, além de práticas inclusivas e interculturalidade em direitos humanos.

As inscrições estão abertas no sistema acadêmico Tutor, de 10 a 14 de junho.

As aulas assíncronas ficarão disponíveis no ambiente virtual da ESMAM de 1 a 23 de julho. Já as atividades on-line, acontecem conforme a programação abaixo:

PROGRAMAÇÃO DAS AULAS SÍNCRONAS

1/7 - 16h às 18h
O combate das violências numa perspectiva interseccional
3/7 - 16h às 18h
Diversidade Sexual e de Gênero: compreender para transformar
5/7 - 16h às 18h
O que é Gordofobia
8/7 - 16h às 18h
(Re)pensando os Direitos Humanos a partir da Interculturalidade

SOBRE A FORMADORA

Participa como tutora e formadora a professora Letícia Carolina Pereira do Nascimento, mulher travesti, negra e gorda. Doutora em Educação (UFPI), professora do curso de Pedagogia (UFPI) e colaboradora no Programa de Pós-graduação em Sociologia (PPGS/UFPI). Autora do livro Transfeminismo, na Coleção Feminismos Plurais coordenada por Djamila Ribeiro. É ativista social atuando junto a coordenação executiva nacional do Fórum Nacional de Travestis e Transexuais Negras e Negros (FONATRANS). Pesquisadora filiada ao Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação Gênero e Cidadania (NEPEGECI/UFPI); a Rede Interdisciplinar de Mulheres Acadêmicas do Semiárido (RIMAS/UFRPE); e a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN).

Fonte: Núcleo de Comunicação da ESMA

11/06/2024

Juscelino Filho anuncia internet para 10.417 escolas do Maranhão

Foto: Pablo Le Roy/MCom

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, abriu nesta terça-feira (11), em São Luís, a 3ª Reunião do Grupo de Trabalho de Economia Digital (DEWG, na sigla em inglês) do G20. Em seu discurso, ele destacou dois projetos do governo federal que estão ampliando a conectividade no país.

“O desafio é conectar a todos, sem deixar ninguém para trás”, afirmou Juscelino, na abertura do evento. Sobre os projetos do governo, o ministro citou o programa Norte Conectado, que está levando para a região Norte tráfego de dados de alta velocidade, por meio de cabos de fibra ótica lançados pelo leito dos rios amazônicos.

“São 12 mil quilômetros de cabos subfluviais, trazendo conectividade significativa e inclusão digital a milhões de cidadãos”, disse. O projeto vai chegar a quase 60 municípios e beneficiar mais de 10 milhões de pessoas. O investimento é de R$ 1,3 bilhão.

Juscelino Filho citou ainda a Estratégia Nacional de Escolas Conectadas, que vai levar internet de qualidade a cerca de 140 mil escolas públicas brasileiras, tanto urbanas como rurais. “Vamos criar condições para a transformação digital da educação no Brasil”, destacou o ministro.

Em relação ao G20, Juscelino afirmou que o GT em Economia Digital “tem conseguido muitos avanços na agenda de trabalho”, desde a última reunião realizada em Brasília.

“Já temos uma primeira versão dos documentos relacionados aos quatro temas prioritários, que acordamos desenvolver neste ano de 2024. Paralelamente, realizamos com grande sucesso três eventos ao longo do mês de abril: um Seminário em Inteligência Artificial, um Workshop em Conectividade Significativa, e um Seminário em Integridade da Informação”, ressaltou.

Ele disse ainda que em São Luís começará a ser discutida a minuta da Declaração Ministerial sobre economia digital, que será finalizada em Maceió (AL), em setembro.

Nas reuniões do DEWG do G20, estão sendo discutidos os seguintes temas: Inclusão Digital, Conectividade Universal e Significativa; Governo Digital; Integridade da Informação e Confiança no Ambiente Digital; e Inteligência Artificial para o Desenvolvimento Sustentável.

“Para o desenvolvimento de todos esses temas, seguimos com a valiosa colaboração das três organizações internacionais, que são nossos ‘parceiros do conhecimento’ neste ano: a UIT (União Internacional de Telecomunicações), a OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico) e a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura)”, finalizou.

A 3ª Reunião do Grupo de Trabalho de Economia Digital segue com programação até quinta (13) na cidade.

Enem: inscrições prorrogadas até 14 de junho

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil


Reportagem: Bianca Mingote

Os estudantes de todo o Brasil agora têm mais uma semana para se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O novo prazo vai até dia 14 de junho e as inscrições podem ser realizadas pela Página do Participante, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O prazo terminaria na sexta passada, 7 de junho.

O Ministério da Educação (MEC) também anunciou que, neste contexto, outras datas do cronograma também foram alteradas e outras mantidas. Confira:

Até 14 de junho: solicitações de atendimento especializado e tratamento por nome social;

Até 19 de junho: pagamento da taxa de inscrição;

3 e 10 de novembro: aplicação das provas nas 27 unidades da Federação.

O cronograma e as regras da edição do Enem 2024 podem ser consultados no edital disponível na página do Inep.

Rio Grande do Sul

O Ministro de Estado da Educação, Camilo Santana, anunciou que a ampliação do prazo engloba tanto os estudantes do Rio Grande do Sul quanto de todo o país. 

De acordo com a pasta, o balanço das inscrições apontou que, mesmo em meio às dificuldades em função das enchentes, o Rio Grande do Sul soma mais de 70% dos formandos da rede pública inscritos para a prova.

Como estudar para o Enem 2024

O Enem é um meio para ingressar no ensino superior no país. E a prova possui formato já conhecido, que se divide na aplicação em dois dias – sendo que a redação ocorre no segundo dia de provas e se consolida como elemento de peso para o cálculo da nota.

O professor de português e redação do Colégio Objetivo no Distrito Federal (DF), Willian Wallemberg, destaca a importância da dedicação ao aprimoramento das técnicas de redação para alcançar nota suficiente para ingressar no curso desejado.

“A redação do Enem repercute em um quinto da nota total que o aluno tem, então, uma redação muito bem desempenhada e construída vai proporcionar que esse candidato consiga ter uma nota significativamente alta e de maneira positiva ele conseguirá alcançar o curso que tanto almeja”, afirma.

Como as provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, os estudantes têm pouco mais de cinco meses para a preparação. O professor menciona que a leitura constante de diversos textos, assim como do noticiário, colaboram para melhorar o repertório do candidato. Willian Wallemberg salienta, ainda, outros tópicos relevantes durante a preparação para os parâmetros exigidos na redação do Enem.

Repertório: leitura constante, atualidades, noticiário;

Diversidade de conteúdos: vincular conhecimentos de história, sociologia, filosofia, artes;

Estruturação da redação: quatro parágrafos, elementos coesivos, proposta de intervenção;

Prática constante: perceber seus erros e corrigir ao longo de cada tema estudado;

Atenção aos temas: o candidato tem que estar atento a saber argumentar sobre qualquer tipo de assunto. 

Segundo Willian Wallemberg, a melhor forma de preparação para o exame é apreciar o processo, gostar de entender todos os conteúdos e visualizá-los no cotidiano. “Isso vai fazer com que ele realmente desperte muito mais as suas compreensões nos diversos ramos disciplinares, nas diversas ciências", diz.

Veja como funciona cada seleção de acesso à educação superior no Brasil, segundo o MEC:

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) reúne as vagas ofertadas por instituições públicas de educação superior em todo o Brasil. O candidato pode concorrer a essas vagas utilizando a nota do Enem.

O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece aos estudantes que fizeram a prova a oportunidade de conseguir bolsas de estudo integrais (100%) ou parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior. Critérios: para concorrer à bolsa integral, é preciso ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Bolsa parcial: renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece financiamento para cursos em instituições privadas com taxas de juros reduzidas. A escala de financiamento varia conforme a renda familiar do beneficiário. 

Realização de sonhos

Com o sonho de cursar medicina em uma universidade pública, Vitória Andrade Couto, 18 anos, de Ibiassucê, na Bahia, fará a prova pela terceira vez em 2024. Ainda no segundo ano do ensino médio a estudante fez o exame como treineira, com o objetivo de se ambientar à estrutura da prova.

Para a preparação em 2024, Vitória precisou mudar de cidade para estudar. Longe da família e de amigos, na cidade de Vitória da Conquista (BA), ela conta que um dos desafios é o preparo psicológico, mas encontra forças no sonho de ser médica.

“É um grande desafio, porque além de estar me preparando para uma prova, eu tenho que me preparar psicologicamente para realizar este exame”, diz. “O que me dá força e o que me sustenta é a paixão pelo meu sonho de cursar medicina numa universidade pública e também de poder ajudar todos da minha família”, aponta Vitória.

Para não esquecer 

A taxa de inscrição é R$ 85 e o pagamento pode ser efetuado até o dia 19 de junho. Os moradores do Rio Grande do Sul terão isenção da taxa.

As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. E a inscrição deve ser realizada na Página do Participante e utilizar o cadastro na conta gov.br. Estudantes que não concluíram o ensino médio também podem realizar a prova na condição de treineiros.

Fonte: Brasil 61

06/06/2024

Concyta Melo apoia pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura de Santa Rita

Foto: Reprodução


Concyta Melo, filha de Lindaura Melo e Raimundo Mota (conhecido por todos como Raimundo Mota), e descendente da Comunidade Quilombola de Recurso, é a mais recente apoiadora da pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura de Santa Rita, Maranhão. Seu apoio se soma a muitos outros que acreditam no potencial de Luiza para promover mudanças positivas na cidade.

Artesã de profissão, Concyta Melo saiu de seu município aos 12 anos de idade. Ela morou no Pará até os 23 anos, quando se casou e se mudou para Brasília, onde construiu sua família. Em Brasília, Concyta integrou uma associação de artesãos, adquirindo amplo conhecimento na área. Permaneceu na capital até 2009, quando retornou ao seu estado natal. Em 2015, ela fixou residência em Santa Rita e, desde então, vem desenvolvendo seu trabalho, sempre incentivando as mulheres do município a se envolverem com o artesanato. Concyta destaca a importância desse trabalho, que permite às mulheres demonstrar suas habilidades e gerar renda.

Concyta Melo sempre teve a cultura e o social como foco principal de sua atuação. Ela reconhece as dificuldades envolvidas em trabalhar com políticas públicas em seu município. No entanto, Concyta vê uma oportunidade de progresso nessa área no próximo ano, graças ao comprometimento de Luiza Calvet. Segundo Concyta, Luiza é uma pessoa que não mede esforços para realizar trabalhos que beneficiam as comunidades, a sociedade e o município de Santa Rita.

"Trabalhar com cultura e social sempre foi minha opção e identidade. Sabemos que tudo envolve políticas públicas e enfrentamos algumas dificuldades para trabalhar nesse contexto em nosso município. Contudo, vejo uma oportunidade de termos um avanço nessa área no próximo ano, pois temos uma pessoa que não mede esforços para realizar trabalhos que beneficiam nossas comunidades, nossa sociedade e nosso município, e essa pessoa que me refiro é Luiza Calvet", afirma Concyta Melo. 

Concyta acredita que Luiza Calvet fará uma excelente administração na prefeitura, destacando sua determinação e compromisso com o que acredita: "Luiza Calvet, assim como eu, não desiste do que acredita. Tenho certeza de que ela fará uma ótima administração em nossa prefeitura. Portanto, vamos acreditar que podemos fazer o melhor e que, juntos, podemos mais.", enfatizou mais nova apoiadora da pré-candidata Luiza Calvet.

Tatiana Bezerra Dias declara apoio à pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura de Santa Rita

Foto: Reprodução



Tatiana Bezerra Dias, de 50 anos, natural de Santa Rita, Maranhão, é a mais recente apoiadora da pré-candidatura de Luiza Calvet à prefeitura do município. Filha de Maria Angélica e José Maria Dias, Tatiana é neta da saudosa Maria Moraes, uma das primeiras moradoras de Santa Rita, e bisneta de Atanásio Moraes, outro pioneiro da cidade.

Tatiana Bezerra Dias é mãe de três filhos: Dr. José Maria Dias Neto, um renomado advogado, altamente respeitado em Santa Rita; Leonardo Schumacher; e Caoê Schumacher. Ela é casada com Carlos Jorge Serejo Verde.

Com uma trajetória marcada pelo serviço público, Tatiana foi secretária de Assistência Social durante o governo de Tim Ribeiro e presidiu o CMDCA (Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente). Durante seu tempo como secretária, ela trabalhou diretamente com diversas comunidades, com destaque para as quilombolas, como a comunidade Fé em Deus. Uma das suas realizações mais notáveis foi o primeiro Encontro de Amostra Quilombolas do Estado do Maranhão, realizado no Centro de Convenções, que reuniu diversos grupos de diferentes municípios. Tatiana também organizou o primeiro encontro de presidentes do CMDCA do Maranhão.

Além de sua atuação no serviço público, Tatiana é empreendedora e dona de uma loja de roupas.

Tatiana destaca o fator determinante que a fez decidir pela escolha da pré-candidata Luiza Calvet: "Eu não poderia deixar de apoiar uma filha da terra, mulher, conhecedora da realidade e das necessidades do povo de Santa Rita. Essa foi a razão que me levou a escolher Luiza Calvet como a melhor opção para administrar o município nos próximos anos."


05/06/2024

Líderes políticos do grupo Hilton Gonçalo aderem à pré-campanha de Luiza Calvet em Santa Rita

 

Foto: Reprodução


Faltando apenas quatro meses para as eleições deste ano, o clima de mudança toma conta da cidade com o avanço do grupo de oposição em torno da pré-candidata a prefeita Luiza Calvet. A partir dela, outras vozes foram ecoando esse mesmo sentimento, conquistando várias outras pessoas também insatisfeitas com a forma de fazer política do atual gestor.

O cenário tem se agravado, principalmente depois que o prefeito decidiu contrariar a todos escolhendo seu sobrinho como pré-candidato à sucessão. O pior é que se trata de um jovem desconhecido por toda a população, que passou a ser visto pela cidade somente nos últimos meses.

No último domingo, dia 2 de junho, esse sentimento ganhou mais força e importância com o anúncio de novas adesões ao grupo político de Luiza Calvet durante um grande evento. A ocasião foi marcada pela presença de várias lideranças políticas da cidade. Figuras historicamente ligadas ao prefeito Hilton Gonçalo também decidiram aderir ao projeto de Luiza Calvet, destacando-se o ex-secretário de Educação, Prof. Paullo Márcio, a ex-secretária da Mulher, Tereza Cristina, e o presidente da Câmara Municipal, Fredilson Carvalho, além da vereadora Angélica da Pesca. Estes líderes, outrora pilares de apoio do gestor Hilton Gonçalo, optaram por mudar de rumo, expressando seu descontentamento com a falta de valorização e prestígio por parte do prefeito, cujas promessas não cumpridas desonram seu grupo político e menosprezam a inteligência do povo de Santa Rita.

Paullo Márcio, em sua declaração, destacou a sua amizade e respeito ao prefeito Hilton. No entanto, ressaltou que agora não se trata de votar em Hilton, mas no sucessor dele, e que sua decisão foi baseada na história das pessoas de Santa Rita, da política e da convivência com Luiza, com quem tem longa relação. Ele considerou politicamente e historicamente incoerente votar em alguém que ele “não conhece” ou que viu apenas há poucos dias. Segundo ele, não se pode falar em consciência e maturidade política e propor o contrário.

Companheira Cristina, por sua vez, em seu discurso, disse que é preciso ouvir as vozes do povo. Ela comparou Santa Rita à capital São Luís, conhecida como "Ilha Rebelde" em tempos de eleição, ressaltando que o povo gosta de votar em quem conhece e que Santa Rita abomina representantes considerados "forasteiros".

O presidente da Câmara Municipal, Fredilson Carvalho, mencionou que não poderia simplesmente indicar uma pessoa sem vínculos com a cidade de Santa Rita, considerando isso desrespeitoso com a população, sua história e até mesmo com os políticos locais. Ele destacou sua longa trajetória com o prefeito Hilton, a quem considera amigo, mas afirmou que, ao se reunir com ele, destacou a inviabilidade do projeto de 2024 no modelo proposto pelo prefeito. Segundo Fredilson, isso representaria um atraso para os políticos e muita incerteza para a cidade eleger alguém que, até alguns meses atrás, não conhecia sequer a avenida Ivar Saldanha, um líder oligarca que comandou a região nas décadas de 1970 e 1980.

Já a pré-candidata Luiza Calvet (Republicanos), enfatizou que as pessoas de Santa Rita clamam por mudança. Metaforicamente ela disse que jamais alguém aceitaria e gostaria de deixar um estranho entrar e fazer o que quisesse dentro de nossa casa. Por fim, Luiza Calvet agradeceu imensamente a presença de todos os líderes políticos e populares que decidiram abraça-la nesta pré-campanha e estão testemunhando esta aliança, demonstrando segurança no grupo Luiza Calvet, pois o projeto político tem sido abençoado e está nas mãos de Deus.

O último ano do mandato do prefeito no poder se desenrola em meio a uma tempestade de insatisfação. O cenário político de Santa Rita está em ebulição e a população, mais do que nunca, clama por melhorias essenciais. É urgente a necessidade de um sistema de saúde com atendimento humanizado e fornecimento de medicamentos, infraestrutura de qualidade, água nas torneiras, principalmente com a crise que se agrava com a chegada do verão quente e seco, e uma educação que valorize os servidores e pague salários em dia. A comunidade exige que suas necessidades sejam priorizadas, pondo fim às “manobras oligárquicas” que apenas perpetuam um modelo intransigente de mandos e desmandos.

04/06/2024

Tribunal de Justiça do Maranhão prorroga inscrições do concurso público

Foto: Reprodução


O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) prorrogou as inscrições do Concurso Público para o provimento de cargos efetivos de servidores e à formação de cadastro de reserva do quadro de pessoal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão, que encerraria nesta segunda-feira (03). Agora, o prazo vai até a próxima sexta-feira (07).

CLIQUE AQUI E CONFIRA O EDITAL COMPLETO

As inscrições podem ser realizadas até as 16h do dia 7 de junho de 2024, observado o horário oficial de Brasília/DF, no endereço eletrônico www.institutoconsulplan.org.br.

Após a data, não será mais possível acessar o Formulário de Solicitação de Inscrição. O boleto bancário para pagamento da taxa de inscrição poderá ser impresso até as 20h do dia 7 de junho de 2024 (sexta-feira), sendo o pagamento efetuado no mesmo dia, impreterivelmente.

PROVAS

As provas objetivas e discursivas, para todos os cargos, ambas de caráter eliminatório e classificatório, serão aplicadas nos municípios de São Luís, Imperatriz e Caxias.

As provas para os cargos de Analista, Técnico Judiciário – Técnico em Contabilidade e Técnico Judiciário – Técnico em Informática – Software serão realizadas no dia 14 de julho e as provas para o cargo de Técnico Administrativo, no dia 21 de julho.

Abertas inscrições para concurso do TSE

Foto: Agência Brasil


Já estão abertas as inscrições para o Concurso Unificado da Justiça Eleitoral. Os interessados têm até 18 de julho para fazer a inscrição no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), banca organizadora do certame. Também é necessário pagar a taxa de participação que varia de R$85 (técnico judiciário) a R$130 (analista judiciário). Estão previstas 389 vagas, sendo 116 para cargos de analista judiciário e 273 para cargos de técnico judiciário, além do cadastro reserva. A seleção tem sistema de cotas e prevê reserva de 20% das vagas para pessoas negras, 10% para pessoas com deficiência e 3% para indígenas. A remuneração inicial pode variar entre R$8.529,65 a R$13.994,78, dependendo da função. Os cargos serão distribuídos entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e os 26 tribunais regionais eleitorais (TREs) de todo Brasil, exceto o de Tocantins, uma vez que lá existe um concurso válido em andamento. A previsão é que as provas sejam aplicadas em todo o país no dia 22 de setembro deste ano.

01/06/2024

Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto


Foto: Agência Brasil

O prazo para adesão ao Desenrola Fies, que permite a renegociação de dívidas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), foi estendido por três meses até o dia 31 de agosto. A resolução com a mudança do prazo foi publicada na quarta-feira (29), no Diário Oficial da UniãoDiário Oficial da União

Em nota, o Comitê Gestor do Fies informou que a baixa adesão e a situação de calamidade pública no Rio Grande do Sul definiram a dilatação do prazo.

De acordo com o colegiado, apenas 22,8% das estimativas de adesão foram efetivadas. No estado impactado pelo extremo climático, com muitas chuvas, as adesões esperadas chegaram a 26,8%. “Pedidos de prorrogação foram apresentados por estudantes que perderam seus documentos e bens devido ao alagamento de suas casas”, informou o comitê. 

Segundo o Ministério da Educação, desde que o programa foi lançado, em novembro de 2023, 283 mil 577 estudantes já foram beneficiados.

Ainda de acordo com a pasta, até o último dia 15, tinham sido renegociados quase 13 bilhões de reais em dívidas.

Antes do Desenrola Fies, o total devido pelos estudantes no Fundo de Financiamento Estudantil chegava a quase dois bilhões e meio de reais.

Podem ser renegociados contratos firmados até 2017 e com débitos em 30 de junho do ano passado.

O Fies foi criado em 2001 para financiar cursos a alunos no ensino superior em instituições privadas.

A partir de 2018 o programa passou a oferecer juros zero e uma escala de financiamento que varia de acordo com a renda familiar do candidato.

Para se inscrever é preciso ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio a partir da edição de 2010 e ter obtido média igual ou acima de 450 pontos, além de não ter zerado na redação.

Luiza Calvet cumpre agenda de visitas e é recebida pelo pastor Roberto da Assembleia de Deus Semeando a Palavra

Foto: Reprodução

Na manhã desta sexta-feira, 31 de maio, a pré-candidata a prefeita de Santa Rita, Luiza Calvet, realizou uma visita cordial à família do pastor Roberto, da Igreja Assembleia de Deus Semeando a Palavra. Durante o encontro, Luiza Calvet discutiu suas propostas e ouviu atentamente as necessidades e sugestões dos amigos que a receberam, na companhia do ex-prefeito Tim Ribeiro e também da liderança e ex-vereador, Irmão Reginaldo, reforçando seu compromisso com a comunidade local.

A visita fez parte da agenda de Luiza Calvet, que tem se dedicado a estreitar laços com diferentes segmentos da sociedade santa-ritense. O pastor Roberto e sua família expressaram apoio às ideias apresentadas pela pré-candidata, destacando a importância de um diálogo aberto e construtivo para o futuro da cidade.

30/05/2024

Exclusivo: Luana Peixoto confirma pré-candidatura à prefeitura de Paço do Lumiar; leia a entrevista

Pré-candidata a prefeita de Paço do Lumiar, Luana Peixoto (DC)./ Foto: Reprodução


PAÇO DO LUMIAR – Luana Peixoto ratificou sua pré-candidatura e aposta em uma terceira via na disputa pelo executivo municipal luminense em outubro de 2024.

A pré-candidata declarou que tem total apoio do seu partido e que acredita no voto feminino, que é a maioria no município de Paço do Lumiar.

Confira como foi a entrevista realizada pelos jornalistas Pedro Felipe e Carlos César:

Pedro Felipe – Sua pré-candidatura a prefeita está mantida?

Luana Peixoto – ‘‘Está cem por cento mantida, estou pré-candidata pelo Democracia Cristã, a única mulher a querer disputar neste ano de 2024 a prefeitura de Paço. 100% mantida!’’

Carlos César – A senhora é a única pré-candidata mulher, como vai fazer para conquistar o voto feminino?

Luana Peixoto – ‘‘Conversar com o máximo de mulheres possíveis. Chegar na ponta, lá na base, na casa de cada dona de casa de Paço do Lumiar. Isso tenho feito. Caminhado bastante, conversado muito, somos a maioria, merecemos estar numa posição de poder e decisão no nosso município’’.

Pedro Felipe – Como está a receptividade nas comunidades. Esse contato corpo a corpo com a população?

Luana Peixoto – ‘‘A receptividade está muito boa, muito grande. Sou bem recebida, bem acolhida! Nós conversamos sobre problemas que vivemos em Paço, nós que usamos as UBS’s, que temos filhos ou netos na rede municipal. Então a gente conversa muito, de maneira transparente e tenho recebido palavras de incentivo à nossa caminhada. Logico, faço uma política pé no chão, de povo, política para o povo, para Paço do Lumiar e assim poderemos construir o município com a participação popular, com o protagonismo da mulher, dos homens e da população luminense’’.

Carlos César – Como está a construção DC em relação às pré-candidaturas a vereadores?

Luana Peixoto –  ‘‘O partido está montado! Foi um grande desafio, foi gostoso porque as pessoas que estão conosco realmente querem um novo projeto político para Paço, que querem construir uma política participativa e igualitária. Temos sim nominata de pré-candidatos a vereadores, são pessoas muito boas. Algumas já foram testadas nas urnas e outras não. O bom é que no Democracia Cristã não tem vereador de mandato, então está todo mundo igual, no mesmo patamar’’. Tenho uma boa afinidade com todos’’.

Pedro Felipe – Acredita em uma terceira via diante das pré-candidaturas postas até o momento?

Luana Peixoto – Acredito que sim! Na verdade, acredito em um terceiro grupo político. Merecemos ter mais de duas candidaturas ao executivo. O povo luminense merece ter direito a escolha. O que a gente percebe, é que os dois pré-candidatos apoiados pelas máquinas estadual e municipal querem polarizar, para que o povo escolha só entre eles, e eles tentam a todo custo ‘matar’ as outras pré-candidaturas. Ficam falando: ah, a Luana não é, a Luana já foi falar com pré-candidato ligado ao governo do estado. E não! Não é isso! A gente precisa que a população tenha a oportunidade de escolher entre todos, e não entre dois.

Pedro Felipe – Como a senhora ver essa desigualdade nesse processo de pré-campanha em relação a estrutura?

Luana Peixoto – ‘‘Penso primeiro que é crime! É crime usar o dinheiro público em favor de um projeto particular. Essa desigualdade do jogo é grande, mas confio na justiça e no momento certo vai cumprir o que está no papel. Impugnar quem anda achando que é maior do que o bem ou mal, que desconhece a lei. É preciso tratar a política com responsabilidade, afinal é o único instrumento de transformação social. É através da que vamos transformar nossa vida, nossa história. É preciso respeitar o povo, o povo de Paço é inteligente e vai saber dá a resposta no momento certo!’’

Luana Peixoto – ‘‘Quero dizer que é possível sim com planejamento, seriedade, lisura e transparência transformar Paço do Lumiar, trazer serviços, fazer Paço se desenvolver. Espero que dê tudo certo, para construir juntos, porque ninguém faz nada sozinho e assim construir uma nova Paço do Lumiar’’, agradeceu.

*Entrevista realizada por Pedro Felipe e Carlos Cesar.

Fonte: BNC Notícias